11.1.08

Fuck forever

Que se foda hoje e amanhã e depois e por aí fora. Que se fodam o fair-play e os bons perdedores. Que se foda o que eu penso a mais. Que se foda o novo príncipe encantado/rafeiro que ladra melhor que eu e as novas discussões e as depressões que já não têm nada a ver comigo. Que se foda o meu sorriso irónico. Que se fodam os meus sonhos. Que se fodam os anjinhos porque deles será o reino dos céus e eu devo passar pela via-verde. Que se foda eu estar a passar por ressabiado, ao menos estou a ser honesto. Que se fodam 6 horas a rebolar na cama sem conseguir dormir, com downers e murros no colchão e pontapés na parede. Que se foda a minha sanidade mental, cada vez me faz menos falta. Que se foda ter que trabalhar à borla em vez de ir a uma homenagem a um génio que morreu de cirrose. Que se foda a minha ex-banda e o respectivo clã dominante de barrigudos e 1990-para-sempre. Que se foda o déjà-vu e a Grande Ordem Cósmica. If you don't mind.

1 comentário:

Trindade disse...

junto às tuas, coisas minhas que se fodam também!!! cabe? abraço, ânimo!